Seis pessoas são multadas em mais de R$ 1,3 mil por soltar pipa com cerol

Os casos foram registrados nos bairros Jardim Morada do Sol e Jardim Paulista

O Departamento de Fiscalização da Prefeitura de Indaiatuba aplicou a multa de 50 Ufesps (Unidades Fiscais de Referência) – correspondentes a R$ 1.380,20 – para seis pessoas que foram flagradas soltando pipas com cerol (mistura de vidro moído com cola).

O flagrante foi feito pela Guarda Civil em patrulhamento de rotina. Os infratores foram três maiores de idade e três menores. Eles estavam soltando pipa com o cortante na linha, nos bairros Jardim Morada do Sol e Jardim Paulista, na última quarta-feira (4/6), segundo a Prefeitura.

O Conselho Tutelar, que atende crianças e adolescentes em situação de risco, foi acionado. No caso dos menores, os responsáveis legais respondem pela infração.

A legislação municipal nº 7.306 proíbe a posse, o trânsito, a utilização, a fabricação e o comércio de cerol, linha chilena e similares em todo o município de Indaiatuba sob pena de multa de 50 Ufesp's para pessoa física e de 300 Ufesps para pessoa jurídica, que também perde o alvará de funcionamento em caso de comércio. Em caso de reincidência, a multa dobra.

OPERAÇÃO CEROL

Segundo a Administração Municipal, a Operação Cerol é realizada durante o ano todo, em ações conjuntas da Guarda Civil, Departamento de Fiscalização e Defesa Civil. Nas férias escolares, quando a soltura de pipas é mais comum, a fiscalização é intensificada. São realizadas palestras e campanhas publicitárias de conscientização sobre o risco do uso do cerol nas linhas de pipa.

O cortante pode causar acidentes graves e até matar. Os alvos mais comuns são ciclistas e motociclistas. Já houve registro de motociclista que teve o pescoço cortado pela linha de cerol. Por isso, soltar pipa com cerol não é brincadeira. Em Indaiatuba, existe lei que proíbe o uso e a comercialização do cerol desde 2009.

A soltura de pipas só é permitida sem o uso do cortante e o único local autorizado para este lazer é o Parque Ecológico.