Secretário anuncia primeira mudança para o Carnaval 2016

Apesar de avaliar como bem sucedido, o secretário municipal de Urbanismo e do Meio Ambiente, José Carlos Selone, disse que “faltou um pouco mais de planejamento” para o Desfile de Carnaval deste ano, em Indaiatuba. Em entrevista exclusiva ao Blog da Pimenta hoje (18/2), durante a divulgação da escola vencedora, no Ginásio Municipal de Esportes, ele explicou que a reunião com as agremiações para a definição do tema do desfile – meio ambiente e proteção dos animais – aconteceu somente em dezembro passado. Com isso, segundo ele, as escolas tiveram pouco tempo para se organizarem.  A partir dessa avaliação, ele anunciou a primeira mudança para o Carnaval de 2016: a definição do tema será antecipada para junho deste ano. 

O secretário explicou que a decisão sobre o Carnaval 2015 foi adiada para o final do ano passado porque a Administração Municipal precisou avaliar, primeiro, as condições do abastecimento de água na cidade por causa da falta de chuvas. O projeto de lei que definiu as premiações só foi encaminhado à Câmara de Vereadores para votação em janeiro. 

Mas, curiosamente, a chuva chegou e a condição do tempo afetou o Carnaval de outra maneira. O desfile teve de ser adiado para um dia depois do programado.  Com isso, todos os eventos carnavalescos aconteceram na segunda-feira (16/2). Mesmo assim, o público compareceu em todos eles. Selone afirma que o desfile foi assistido por mais de 20 mil pessoas. No Carnaval das Marchinhas, na Praça Prudente de Morais, no Centro, compareceram mais de 10 mil pessoas e, no Show de Axé, no Parque Ecológico, cerca de três mil pessoas, segundo ele. Todas as atrações foram gratuitas.

“Os eventos carnavalescos promovidos pela Prefeitura têm atraído um público cada vez maior. Isso confirma que todos estão sendo realizados com sucesso”, comentou o secretário. “Mas, estamos fazendo reformulações para que os eventos sejam cada vez melhores”, acrescentou. 

O secretário citou que, este ano, a Prefeitura foi a responsável pelo transporte de todos os carros alegóricos, o que evitou atrasos nas apresentações. Segundo ele, além de não deixar o público esperando, cumprir o horário também é importante para que o desfile não se prolongue demais e seja motivo de reclamações da vizinhança por causa do barulho.  

Votação
Desde 2013, a escolha da escola vencedora do Carnaval é feita por meio de enquete aberta para a participação popular no site da Prefeitura. 

O presidente da Imperador de Santa Cruz, Paulo Marcelo Santos, é contra. Ele defende que o julgamento deve ser feito por um júri especializado em Carnaval. “Enquanto o Carnaval não tiver jurado, o resultado não vai ser justo”, reclamou. 

Já o presidente da Acadêmicos do Sereno, Jorge Luís Pepo Lepinski, disse que aceita que a votação seja feita pela internet. “Esse tipo de votação é interessante porque o povo participa. Temos que acatar a decisão da maioria. Agora, quem perde sempre reclama. Mas, não foi a Sereno que quis assim”, disse. 

A Imperador poderia ter sido desclassificada porque não cumpriu o número de integrantes exigido pelo regulamento. A alegação foi que, como o desfile foi transferido de domingo para segunda-feira, algumas pessoas não puderam participar porque tinham outros eventos. Mas, como a concorrente Acadêmicos do Sereno não contestou, a escola ficou em segundo lugar e recebe o prêmio de R$ 25 mil. “Esse valor não paga todas as despesas da escola, mas, o segundo lugar está bom”, ponderou Santos.

“A participação da Imperador não foi contestada por uma gentileza da diretoria da Sereno”, disse o secretário de Urbanismo.

“O momento é de comemoração”, justificou o presidente da Sereno, que acrescentou que o título de campeã é resultado do trabalho sério feito pela escola ao longo do ano. Em entrevista ao Blog da Pimenta, ele adiantou que, o momento também já é de preparação do Carnaval de 2016. A primeira reunião acontecerá na terça-feira que vem (24/2), quando a diretoria fará uma avaliação do desfile desse ano para definir os ajustes necessários para o próximo Carnaval.  

O prêmio, segundo Pepo, como é conhecido, será destinado para o pagamento das despesas da escola. Mas, ele afirma que a agremiação não depende apenas da verba da Prefeitura. Para angariar fundos para o Carnaval, a bateria e sambistas da escola fazem animação de casamentos, formaturas, entre outros eventos durante todo o ano.   

Depois da divulgação do resultado, a festa da campeã Sereno seguiu na quadra da escola, na Vila Maria Helena. 

(Foto: Blog da Pimenta - Resultado do Carnaval 2015 é divulgado no Ginásio de Esportes)